sexta-feira, 29 de maio de 2009

TENTANDO RECRIAR O MEU PRÓPRIO SONHO




John Lennon deixou dito que nos tornamos irresponsáveis quando esperamos que alguém faça as coisas por nós, daí vou tentar recriar o meu próprio sonho e por trás de uma “barricada de flores” vou imaginar um mundo tão pequeno quanto o “asteróide B612” e por lá me ajeitar, sem medo, afinal, estarei protegida pelas flores, que podem parecer ingênuas e fracas mais se julgam terríveis com os seus espinhos.


Ouvi isso do “Pequeno Príncipe”. Quero viver feliz nesse meu novo mundo, evitarei o pôr-do-sol pra não sentir tristeza nem saudade e por ser ele tão pequeno não terei companhia, pedirei que me desenhe, também, um carneirinho dentro de uma caixa, e o farei meu companheiro.


Para os que ficam no mundo que saio direi que, quem se vai é uma tola e que pede a esses mesmos que ficam, que se cuidem e tratem de ser felizSe iniciei este “fragmento” com John, encerro parafraseando-o :


Ontem eu vivia sonhos que não eram meus / mas agora renasci / eu era a sombra do nada mas agora sou Zélia / e como tal terei que ir levando / O sonho acabou.

2 comentários:

Yasmine Lemos disse...

quem escreve nunca deixa de sonhar.
beijo sonhadora

Chica disse...

Os teus são recriados a cada dia, o8 memlhor, nem chegam a se perder!um beijo e tudo de bom,chica