sexta-feira, 19 de junho de 2009

SOBRE A "CANTADA CLÁSSICA"



Não. Ela não é nenhum Robbin Williams de saia no filme Patch Adms, mas me fez sorrir.


Invadiu a tela do meu computador e não deu outra, fui contagiada com a sua graça por conta de um texto humorístico postado aqui no Recanto, sob o título “Cantada Clássica”, que trata da cena do balcão entre as personagens shakespeareana Romeo (Romus) e Julieta , cujo diálogo amoroso dos jovens enamorados foi entremeado com situações da nossa época tais como liquidação, descontos, propaganda, cheque ao portador, conta bancária etc.


Escrito de uma maneira onde o humor refinado nos leva ao riso sem contudo desvirtuar a obra do grande dramaturgo.


Bem que poderia sugerir a autora um “remake adaptado” da comédia burguesa “As Alegres Comadres de Windsor também de Shakespeare, gostaria de ver pela ótica humorística da DOLCE VITA, autora da “Cantada Classica” que me referi acima, a transformação do humor tipicamente inglês de então e adaptá-lo com situações da nossa época, junto com as personagens Aninha Page, a amada de Fenton e desejada por todos, Evans com o seu caráter pitoresco , Dr. Caius e finalmente a figura horrenda de Falstaff, cheio de vícios, mentiroso contumaz, blasfemador, que rouba, bêbado , lascivo e nas horas vagas poeta de taverna.


Sugestão à parte, isto aqui foi uma forma de expressar o meu reconhecimento pela qualidade dos textos que a escritora Dolce Vita vem publicando aqui neste Recanto, a quem dirijo o meu aplauso.

Um comentário:

Chica disse...

Linda crônica e também concordo com os textos da Dloce Vita, que são muito legais mesmo.beijos,chica