quinta-feira, 13 de agosto de 2009

QUAL É O BEM SUPREMO DA VIDA?



Ai eu disse pra mim mesma: acorda! Você mais parece a Carolina que a festa acabou e ela não viu. Quanto a você, foi a luz que apagou e você não notou.

Muda o rumo dessa prosa, convoca o Aristóteles e vai falar sobre felicidade.

Hum... Hum...Hum... Filosofemos. Que venha a nós o Aristóteles.

Que tal a gente partir para a pergunta das perguntas. Responda quem souber: Qual é o bem supremo da vida?

Se alguém afirmar simplesmente que a felicidade é o bem supremo da vida, tal afirmação não passa de um mero axioma. O que se deseja é uma descrição mais clara da natureza da felicidade e da maneira de atingi-la. Sabia você que o mais nobre auxílio externo para a felicidade é a amizade? E que ela é mais necessária aos felizes que aos infelizes, pois a felicidade se multiplica ao ser compartilhada. Ela é mais importante que a justiça, pois, “quando os homens são amigos, a justiça é desnecessária”. “ Um amigo é uma alma em dois corações.”

Essas coisas a gente aprende lendo a filosofia de Aristóteles, vale a pena conferir.

Um comentário:

Chica disse...

Amigos verdadeiros fazem apenas justiça ao outro e conferir com Aristóteles e contigo é sempre bom...Aprendemos sempre!beijos,chica