terça-feira, 14 de agosto de 2007

O EXISTENTE E INVISÍVEL












Os entendidos afirmam que a filosofia teve início quando a magia e o ritual cederam, de forma lenta, lugar à ciência e ao controle. Também afirmam, que é a única ciência capaz de fazer com que a alma olhe para cima, objetivando o existente e invisível.


A propósito, li em “O Dia do Curinga”, de Jostein Gaarder, um diálogo interessante entre pai e filho. O filho pergunta para o pai se ele acredita em Deus e acrescenta: “se realmente existe um Deus, então ele adora ficar brincando de esconde-esconde com suas criações”.O pai ri da observação do filho e diz: “Talvez Ele tenha tido um choque quando viu o que tinha criado e então saiu rapidinho de cena. O filho insiste:” quer dizer pai, que você acredita em Deus “. Ao que respondeu o pai:” Não disse isso. Mas pode muito bem ser que ele esteja sentado em seu trono lá no céu, rindo de nós porque não acreditamos Nele “. E relatou para o filho a seguinte conversa:


“Certa vez, um cosmonauta russo e um neurocirurgião, também russo, discutiam sobre o cristianismo. O neurocirurgião era cristão, o cosmonauta não era”.Já viajei muitas vezes para o espaço sideral “- gabou-se o cosmonauta -” mas nunca vi nenhum anjo”. O neurocirurgião primeiro ficou olhando para ele; depois disse: “ E eu já operei muitos cérebros inteligentes, mas nunca vi um pensamento.”


Feito o poeta Drummond: “Mais leio, leio. Em filosofias/ tropeço e caio, cavalgo de novo”. Um dia, quem sabe..., Eu ao invés de contentar-me com o materialismo de Demócrito, que afirma que “na realidade não existe nada a não ser átomos e espaço”, alcance a significação, o sentido, a idéia dessa ciência capaz de fazer com que a minha alma olhe para cima. No momento estou perdida e tão por fora quanto Sócrates quando disse: “Uma coisa eu sei é que nada sei”.


2 comentários:

Yasmine disse...

O homem é um ser inexplicável tanto quanto Deus.Deus? sim,acreditando ou não é insubstituivel a palavra pronunciada,até para questionar sentimentos,duvidas.Os poetas ,astronautas,cientistas ,cosmonautas,ateus,todos em busca de um Deus.Seja na forma da ciência,da lógica exata ou das letras.Sim,pois quando se senti poderoso em qualquer explicação pessoal a satisfação é tamanha,que somos mediocres ao ponto de nos sentirmos deuses .Ele ou ele existe sim.É só provar e sentir.
Belo texto

Paulo de Poty disse...

O tema é o estopim de todos os conflitos do mundo. Eu, por teimosia, sigo acreditando.
E que Ele não me desanime.
Adorei Zélia.